6 dicas para que você saiba como desenvolver a autonomia da criança

 

 

O processo do desenvolvimento da autonomia da criança e do adolescente é algo muito importante para o futuro. Uma pesquisa realizada pela famosa Universidade de Montreal, no Canadá, comprovou que dar autonomia desde cedo para o seu filho pode ajudar, além de outros aspectos, no desempenho cognitivo dele.  

Mas, como você pode ajudar com a autonomia da criança? É isso o que você vai aprender neste post. Confira 6 dicas para dar mais independência durante a infância!

6 dicas para auxiliar na autonomia da criança

Foque nas atividades adequadas a cada idade

Se o seu filho já consegue realizar alguma tarefa sozinho, deixe que ele faça! Alguns pais confundem cuidados excessivos com carinho e amor. Isso por falta de informação sobre as capacidades específicas para cada idade - ou mesmo, por falta de tempo.

Por exemplo: ensinar o pequeno a calçar e amarrar o tênis sozinho é uma atividade que demanda tempo. Com a correria do dia a dia, às vezes, preferimos fazer isso por ele para ser mais rápido. Porém, quando a criança já está com uma certa idade, é possível estimulá-la a fazer certas tarefas em segurança e com agilidade.

Confira nossas sugestões para estimular a autonomia da criança:

1) Dos 2 aos 3 anos: com essa idade, a criança já pode comer sozinha, se sentar à mesa, recolher os brinquedos e guardá-los e colocar sapatos sem cadarço, entre outras tarefas de fácil manuseio.

2) Dos 3 aos 4 anos: nessa faixa etária, elas já podem ir ao banheiro sozinhas, desde que sejam supervisionadas. Também já podem arrumar a mochila da escola e separar roupas sujas das limpas. Nesse caso, pode ser interessante usar estímulos visuais, como cestos de cores diferentes.

3) Dos 4 aos 5 anos: já pode fazer a higiene pessoal e atividades relacionadas às refeições sem ajuda, como passar geleia no pão usando um utensílio sem corte.  

4) A partir dos 5 anos: está apta para fazer algumas atividades domésticas, como organizar o quarto, arrumar a cama, lavar louças leves e ajudar na preparação dos alimentos.

5) Dos 8 aos 10 anos: já pode auxiliar na lavagem aparente do carro, guardar as roupas limpas nos armários e retirar o lixo.

6) A partir dos 11 anos: nessa faixa etária, as tarefas de maior escala, como tirar a mesa após as refeições e lavar a louça, limpar seu banheiro e ajudar a supervisionar os irmãos menores já podem ser feitas.

Além desses pontos, é válido incentivar as crianças desde cedo a se envolverem na rotina da casa, como ajudar a regar as plantas e dar comida aos pets, entre outros.

Cuidado com a frequência das broncas

É importante que você corrija seu filho em situações necessárias, uma vez que isso ajuda na construção da personalidade e o ensina valores sólidos. Mas, lembre-se de que ele está passando por um processo de aprendizagem sobre o mundo. Para que isso ocorra bem, precisa sentir-se seguro.

Broncas em excesso passam o sentimento contrário, deixando-o inseguro e dependente de aprovação. Por isso, antes de brigar com ele por algo que tenha acontecido, reflita se essa intervenção é realmente necessária e irá ajudá-lo a ser uma pessoa melhor.

A intervenção é importante quando a criança entende o porquê daquilo. Por isso, peça para o seu filho refletir sobre as consequências dos seus atos e auxilie ainda mais na construção da autonomia da criança.

Incentivar não é deixá-la fazer o que quiser. Ao contrário, essa atitude dos pais demonstra atenção às escolhas e disponibilidade para guiá-los no que eles precisarem. Com uma dose de bom senso e amor, é possível criar seu pequeno para ser uma pessoa forte, decidida e independente.

--

Gostou de saber mais sobre a autonomia da criança? Confira outros assuntos abordados aqui no nosso blog!