O que é bullying virtual e como proteger seu filho da violência? Saiba mais!

 

Você sabe o que é bullying virtual? Tal violência é caracterizada por situações em que há agressões intencionais feitas de maneira repetitiva contra um ou mais colegas de turma. O cyberbullying, como também é conhecido, é a extensão para os meios digitais - como blogs, e-mails, redes sociais, entre outros canais. Isso pode acontecer em qualquer contexto social, seja na escola ou no trabalho, afetando emocional e fisicamente a vítima.

O que é bullying virtual e como monitorá-lo?

Segundo pesquisadores da Sam Houston State University, os reflexos da violência sofrida na internet afetam a vida de crianças e adolescentes também na realidade off-line. Uma das consequências das ofensas virtuais, por exemplo, é a vontade de deixar a escola.

Ainda de acordo com a pesquisa, 29% dos 3.500 entrevistados sofreram bullying, enquanto 7% já havia passado por cyberbullying. Em todos os casos, a prevenção pode ser o melhor remédio. Por esse motivo, acompanhar de perto a vida escolar do seu filho e também seus acessos nas plataformas digitais é de suma importância.

Como proteger meu filho do bullying virtual?

É preciso que os pais estejam atentos às atividades dos pequenos na internet, sem invadir a privacidade. Confira algumas medidas que podem ajudá-lo(a) a garantir mais segurança ao seu filho no ambiente virtual:

Fique de olho

Não bisbilhote! Mas, fique de olho no que a criança está fazendo no celular ou computador. É importante manter o diálogo e explicar porque você precisa saber o que ele faz. Não é recomendado vistoriar os equipamentos eletrônicos sem que seu filho saiba a razão dessa atitude.

Estabeleça restrições de uso

Navegar na internet pode ser perigoso, uma vez que conteúdos não recomendados podem ser vistos por qualquer um sem maiores dificuldades. O ideal é que seu filho assista a programas educativos e não apenas de entretenimento. Para impedi-los de acessar conteúdos inapropriados à faixa etária, você pode bloquear sites de maneira simples.

Tenha um diálogo franco e saudável

Como em todas as fases da vida, os jovens precisam da orientação dos pais em relação ao que eles não têm conhecimento. Assim, mantenha um diálogo saudável e sincero sobre as práticas no ambiente virtual. Essa é a melhor forma de construir um bom relacionamento.

Bloqueie os agressores

Se você visualizou algum conteúdo impróprio ou mensagem agressiva, bloqueie quem enviou. Todas as redes sociais permitem que você realize denúncias sobre o agressor pela própria plataforma. Faça isso! Não permita que o contato se prolongue por mais tempo. Caso o agressor faça parte da escola do jovem, converse com a coordenação e avise.

__

Foi útil para você saber o que é bullying virtual? Continue em nosso blog para ter mais informações sobre diversos assuntos relacionados à vida escolar!