Os principais desafios na educação infantil

 

A educação infantil enfrenta uma série de desafios em nosso país. O primeiro deles está relacionado à sua importância em si, uma vez que o entendimento de muitos é de que esta primeira fase serve apenas para a criança aprender a “brincar”.
 
No entanto, ela é muito mais do que isso. A educação infantil pode fazer uma grande diferença na formação intelectual, social e até profissional da criança. Isso porque é nesse momento que os pequenos estão recebendo informações que servem como auxílio para a aprendizagem da leitura e da escrita, por exemplo.
 
Um dos pensamentos que reflete a precariedade da educação infantil no Brasil é de que essa fase não é tão importante. Porém, existe uma diferença bem característica entre a criança que tem e a que não tem estímulo. 
 
Alguns dos pilares, apontados por especialistas, que deveriam receber mais atenção, são:
 
• Desenvolvimento profissional dos educadores;
• Governança;
• Envolvimento da família e da comunidade;
• Regulamentação e inspeção dos programas voltados a cada etapa.

 

Saiba mais sobre escolas particulares de educação infantil em Curitiba

O papel fundamental do professor

A educação infantil é essencial no desenvolvimento das crianças. Por isso, o profissional deve ser preparado para lidar com tamanha responsabilidade.

Infelizmente, no Brasil, os dados não são dos melhores quanto à formação de professores. Segundo o Censo Escolar 2016, 35,6% dos que atuam em creches estudaram só até o ensino fundamental ou ensino médio. Nos demais anos da educação infantil, a porcentagem é semelhante: 33% dos professores não têm curso superior.

A capacitação desses profissionais causa grande impacto na qualidade do atendimento. Afinal, é justamente nessa fase que a criança necessita de maiores cuidados. Tendo formação adequada, o professor vai saber lidar melhor com cada indivíduo e promover o desenvolvimento de forma responsável e lúdica.

Escolas preparadas

Da mesma forma que os professores, as escolas devem estar aptas para receber as crianças. E como você consegue identificar se o colégio está ou não preparado? Identificando quais práticas os melhores colégios adotam para auxiliar no desenvolvimento.

Além da questão pedagógica, outros detalhes precisam ser levados em conta, como a estrutura física e a organização dos espaços, os recursos e atividades utilizadas. Além disso, essas instituições precisam proporcionar equipamentos adequados à faixa etária, avaliações periódicas e a formação e experiência da equipe docente.

Em período integral, também deve ser levado em conta questões como a alimentação, a rotina para o sono e as trocas de fraldas.

O Colégio Erasto está entre as melhores escolas particulares de educação infantil em Curitiba. Uma educação alinhada às melhores práticas de ensino. Temos um olhar para o desenvolvimento da criança em sua totalidade. Considerando as características individuais e a relação com os outros e o mundo. Conheça nossa proposta pedagógica!

Quer saber mais sobre o colégio Erasto.