Internet segura para crianças: como garantir?

Manter os filhos longe da tecnologia é uma missão quase impossível - ainda mais aqueles que pertencem à geração Alpha. De forma geral, ela pode ser muito proveitosa para o entretenimento e desenvolvimento deles. Porém, é importante garantir uma internet segura para crianças. Afinal, o mundo virtual pode ser um campo perigoso!

A rede pode expor os pequenos, por exemplo, a pessoas mal-intencionadas e sites que não são próprios para a sua faixa-etária. Além disso, o uso frequente pode reduzir o interesse por atividades importantes, como brincar e estudar.

Como não é possível impedir que acessem a esse espaço, é essencial dar limites e garantir que eles somente terão contato apenas com conteúdos adequados. Quer saber como fazer isso? Confira as nossas dicas, a seguir.

6 dicas para obter uma internet segura para crianças 

1 – Ative o sistema de busca segura

É possível ativar o sistema de busca segura tanto no computador quanto em dispositivos móveis. Esse recurso ajuda a evitar que conteúdos explícitos apareçam no resultado das buscas.

Através de filtros, basta configurar o tipo de conteúdo que seu filho não deve acessar. É só seguir o tutorial fornecido pelo próprio Google. Tudo isso de forma rápida, simples e segura!

2 – Bloqueie os conteúdos indesejados

Entre as melhores formas de garantir uma internet segura para crianças, está a instalação de recursos, ferramentas ou aplicativos que bloqueiam determinados conteúdos. Algumas versões impedem que eles sejam abertos, e outras permitem o monitoramento do que está sendo acessado. 

3 – Invista em um antivírus

Os programas maliciosos circulam livremente pela web e podem invadir sua rede doméstica em um simples clique. Como nem sempre as crianças conseguem distinguir o que é ruim, é essencial instalar em um bom antivírus.

Há várias opções gratuitas e pagas à disposição. Dê preferência para o programa que for mais completo e que esteja sempre atualizado, a fim de bloquear até os vírus mais novos.

4 – Fique sempre por perto do pequeno

Por mais que pareça invasão de privacidade, quem quer garantir uma internet segura para crianças deve monitorar seu uso. Para isso, crie o hábito de ficar junto ao seu filho enquanto ele navega.

Adicione-o nas redes sociais e fique atento ao que ele posta. Isso não significa que precisa comentar e curtir tudo. Apenas observe com que tipo de pessoas está se relacionando e o oriente, quando necessário. 

5 – Monitore o tempo de uso da internet

Além de evitar o contato com conteúdo impróprio, é importante restringir o tempo em que a criança passa navegando. Isso porque ela também precisa brincar, dormir, comer, estudar e ter momentos em família. 

6 – Mantenha o diálogo aberto com as crianças

A educação e o diálogo são o caminho para assegurar uma internet segura para crianças. Explique para os pequenos sobre os riscos aos quais eles estão expostos e oriente a não confiarem em desconhecidos.

Inclusive, ponha-se a disposição para ajudar sempre que eles precisarem. Deixe claro que a principal preocupação é com a sua segurança - e não com o controle dos seus passos.

Gostou deste artigo? Continue no blog do Erasto Gaertner e acompanhe outros conteúdos similares!