Jogos Online: Qual é a melhor idade para permitir que meu filho comece a jogar na internet

Chega uma fase que é muito comum os pais começarem a se questionar: "Qual é a melhor idade para deixar meu filho interagir com jogos online?".

No entanto, a pergunta correta deveria ser: "Realmente existe uma idade certa para brincar no computador?"

A cada dia que passa a tecnologia está mais presente na rotina de qualquer pessoa, seja no ambiente escolar, no trabalho e até mesmo em casa, os equipamentos tecnologicos são verdadeiros aliados no dia a dia. 

Com a presença da tecnologia fortemente inserida na rotina familiar, é muito comum que os filhos também busquem essa liberdade, mas é preciso tomar um cuidado especial, afinal existem diversos conteúdos na internet que podem causar possíveis danos psicológicos ou até mesmo desacelerar o processo de aprendizagem das crianças.

Antigamente a dúvida dos pais costumava ser relacionada a televisão e se, de fato, existia uma idade certa ou um tempo apropriado para que as crianças permanecessem em frente a TV. A resposta tanto para a televisão quanto para o computador é praticamente a mesma, não existe uma receita de bolo para essas perguntas, tudo isso vai depender dos limites que você irá impor e do tipo de conteúdo que seus filhos vão consumir nesses canais.  

O segredo está em saber balancear e selecionar os conteúdos certos que, além de proporcionar lazer, irão contribuir para o aprendizado da criança. 

Pensando em ajudar você a encontrar os jogos online apropriados para o seu filho, separamos 4 dicas para não errar na escolha. Confira! 

1. Acompanhe de perto a interação do seu filho com a internet

Antes de mais nada é importante ressaltar que, permitir que seu filho comece a jogar no computador não quer dizer que você terá tempo livre para fazer todas as suas outras atividades enquanto a criança está entretida.

É indispensável que os pais acompanhem todo tipo de interação dos filhos com a internet, os conteúdos que ele estará consumindo e as pessoas que ele irá se relacionar. Garanta que realmente os contatos que ele terá pela internet são com pessoas que fazem parte do convívio diário, como amigos do bairro ou até mesmo da escola. 

Deixe claro logo no início para seu filho que ele poderá jogar, mas que você estará presente para ensinar e também aprender com ele. Aproveite para fazer desse momento uma oportunidade de lazer entre pais e filhos. 

2. Econtre jogos que estimulem a criatividade

Estimular a criatividade dos filhos é uma verdadeira missão para todos os pais, use a tecnologia a seu favor! 

Atualmente existe uma infinidade de jogos na internet que são ótimas opções para estimular e ajudar as crianças a desenvolverem diferentes habilidades.

Procure por jogos que sejam interessantes e ao mesmo tempo, desafiem o aprimoramento das crianças em diferentes sentidos, como cognitivo, sócio-afetivo ou até mesmo psicomotora. Alguns jogos que permitem desenvolver esses sentidos e você pode utilizar no dia a dia com os seus filhos, são: desenhar no computador, pintar, jogo de memória, jogo de construção, entre outros. 

3. Opte sempre por jogos educativos

Os jogos educativos são extremamente importantes para ajudar a desenvolver a aprendizagem infantil, afinal, é uma forma das crianças aprenderem se divertindo. 

A atividade educacional ajuda a promover a capacidade e o interesse de aprendizado dos pequenos, portanto, algumas escolas já estão investindo em laboratórios de informática para ajudar a desenvolver a aprendizagem das crianças e é bem importante que esse processo continue sendo estimulado em casa. 

Incentive seus filhos a interagir com jogos que permitem o aprimoramento de habilidades cognitivas e sociais como jogos didáticos que demonstram a diversidade de comportamento diante de vitórias ou as reações perante a derrota. 

4. Escolha jogos apropriados para idade do seu filho

Um deslize comum entre os pais é não se atentar para a idade a qual o jogo é indicado. 

É bem verdade que existe uma infinidade de jogos disponíveis na internet e, assim como na tv que possui a classificação indicativa, alguns desses jogos já determinam para qual idade ele é destinado. É importante se atentar para essa indicação, pois cada jogo educativo tem o papel de estimular diferentes habilidades de acordo com a faixa etária da criança.

Os estímulos trabalhados através de jogos educativos vão desde o aperfeiçoamento da fala e coordenação, até a criatividade, raciocínio lógico, memória, conceitos matemáticos, entre outros. 

Ao se atentar para todas essas dicas mencionadas acima, você estará estimulando e desenvolvendo a aprendizagem do seu filho de maneira divertida e com isso, ganhará mais espaço na fase de crescimento e estará presente no dia a dia dos pequenos. 

Ficou com alguma dúvida? Deixe seu comentário abaixo! ;)