Pré-adolescência: 5 dicas para ajudar seu filho nesse momento

É comum que os pais busquem dicas sobre pré-adolescência. Afinal, essa fase é repleta de transformações e inseguranças. É quando o corpo passa por mudanças hormonais em um curto espaço de tempo, gerando novos desafios e interesses nos jovens.

Assim, a pré-adolescência não é um período difícil apenas para os filhos, mas também para os pais. Isso porque eles precisam se adaptar às novas emoções e comportamentos com paciência, amor e muito companheirismo.

Nós sabemos que não é fácil lidar com essas mudanças e, por isso, daremos algumas dicas sobre pré-adolescência para manter o relacionamento o mais harmônico possível.

Boa leitura!

A proximidade entre pais e filhos durante a pré-adolescência

Esse período de transição entre infância e adolescência é repleto de conflitos, dúvidas e mudanças corporais e comportamentais. Lidar com isso nem sempre é fácil, principalmente porque a intensidade e o curto espaço de tempo em que isso ocorre não é algo previsível.

Por isso, os pais precisam se manter o mais próximos possível, a fim de oferecer todo o suporte que os filhos precisam para se adaptarem à nova realidade.

Inclusive, essa é uma fase que requer muita orientação, sendo preciso estabelecer alguns limites que serão essenciais para o resto da vida do seu filho.

Mas, como lidar? Confira algumas dicas sobre pré-adolescência, a seguir.

Dicas sobre pré-adolescência: como ajudar nesse momento?

1 – Tente entender pelo que seu filho está passando

Essa é uma das mais importantes dicas sobre pré-adolescência. Entenda que instabilidades de humor são normais e é essencial não deixar que essas “crises” o tirem do sério.  

Respire fundo, coloque-se no lugar do seu filho e não diga frases como “você está exagerando”. Escute-o, pois ele realmente sente tudo o que diz e, portanto, é essencial respeitar e dar o apoio necessário com compaixão.

2 – Saiba a hora de se aproximar e de oferecer espaço

Existem dias em que o seu filho irá chegar em casa e se trancar imediatamente no quarto. Ao invés de forçar um diálogo, falando através da porta ou pedindo que saia, dê o espaço que ele precisa.

Você saberá quando é o momento certo de se aproximar para, então, trocarem uma ideia com mais leveza.

3 – Mostre que você está aberto a escutar e dialogar

É importante que o pré-adolescente tenha ao lado alguém em quem confia plenamente para desabafar, tirar dúvidas, se expressar e se abrir de verdade. Seja essa pessoa!

Procure ser o mais sincero possível com seu filho, principalmente em momentos complicados. Adote uma postura de conselheiro, e não de julgador. Desta forma, quando surgirem assuntos delicados no futuro e for preciso resolver problemas, ele não pensará duas vezes antes de te procurar para pedir orientação e, porque não, um colo.

4 – Descubra atividades de interesse em comum

Outra dica sobre pré-adolescência muito útil é encontrar atividades que agradam a pais e filhos para, assim, passarem um tempo agradável juntos. Vale ir ao cinema, andar de bicicleta ou simplesmente jogar videogame. O que importa é terem momentos de união.

5 – Não minimize as dificuldades e sentimentos

Durante a pré-adolescência, os jovens passam por um turbilhão de emoções e sentimentos. Tudo é vivido intensamente, como se cada momento durasse para sempre. Agora, imagine conviver com alguém que subestima o que eles sentem?

Por mais passageiro e simples que seja, evite minimizar ou menosprezar o que eles estão passando. Não diga que é besteira ou algo nesse sentido. Os jovens tendem a ficar mais emotivos nessa fase e reações adversas podem piorar a situação, fazendo com que percam a confiança em você.

Além disso, tenha paciência para entender qual é a melhor forma de agir com o seu filho. Cada pré-adolescente reage de uma forma e é importante adaptar-se a ele com muito amor.

Esse artigo foi útil para você? Acompanhe outros conteúdos como esse, no blog do Erasto!